21 festas clandestinas são notificadas no RS

Os jovens são a parcela da população que mais está se infectando na nova onda de coronavírus e pela idades não só tendem a não sentir os sintomas como também os efeitos não costumam se manifestar de forma mais grave, eles acabam mantendo atividades e contatos sociais com diferentes pessoas em festas proibidas e reuniões com numero elevado de pessoas da mesma faixa etária, o que pode resultar em transmissão maior com a reunião de familiares, inclusive integrantes de grupos de risco, como pessoas mais velhas e com comorbidades. Mas o que era até então, por parte dos jovens uma bobagem dita por muitos deles, está se tornando um caos, pois o aumento da incidência de Covid-19 entre jovens na faixa etária de 15 a 29 anos começa a alarmar. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), os casos de contaminação já representam 24,4% de todos os pacientes confirmados com coronavírus desde o início do ano. Atualmente, só na capital já são 4.645 casos positivos entre a população jovem. Em Bagé foi informado nesta segunda, dia 8, a morte de uma paciente feminina, de 24 anos, sem comorbidades, que estava internada no Hospital Universitário Dr. Mário Araújo. Até então, ela é a mais nova pessoa a morrer na Rainha da Fronteira em decorrência dos efeitos causados pelo novo coronavírus. Uma moradora de Teutônia de 26 anos também morreu vítima do coronavírus (Covid-19). Em Arroio Grande foi registrado sábado 17 casos, entre 06 casos com idade entre 14 anos a 29. Mesmo assim se tem informações extra-oficiais de pelo menos três festas clandestinas realizadas neste fim de semana que passou em Arroio Grande.

Em meio ao pior momento da pandemia da Covid-19 no Rio Grande do Sul, a Brigada Militar (BM) atuou para encerrar 21 festas clandestinas em diferentes cidades do Estado na madrugada de sábado para domingo. A fiscalização estadual contabilizou ações para desmobilizar eventos irregulares em Alvorada, Ametista do Sul, Boa Vista das Missões, Caçapava do Sul, Cachoeirinha, Capela São Valentim, Constantina, Jaguarão, Marques de Souza, Pelotas, Piratini, Santa Rosa, Sapucaia do Sul, Uruguaiana e Venâncio Aires.

A atuação visa cumprir os decretos que proíbem aglomerações e auxiliar no combate ao coronavírus. Atualmente, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) registrava 103% de ocupação no monitoramento de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). De acordo com o governo do RS, 708 pessoas, no total das ocorrências, insistiram em ignorar a gravidade da Covid-19 e a determinação das autoridades que proíbem a realização de festas, reuniões e qualquer evento que promova aglomeração.

Desde o início da Operação Te Cuida RS, em 25 de fevereiro, com o lançamento do protocolo integrado de fiscalizações entre as forças de segurança do Estado e autoridades municipais, já foram encerradas 126 festas clandestinas. Além disso, 3.279 locais foram fiscalizados (324 apenas no sábado, dia 6) para verificação do cumprimento das determinações previstas para a bandeira preta, bem como da vedação de funcionamento de atividades entre 20h e 5h.

Nessas ações, foi necessária a condução a delegacias de polícia de 87 pessoas para registro de infração das medidas sanitárias desde o início da ofensiva. Em todo o período, a Operação Te Cuida RS já realizou a abordagem de 20.640 pessoas para orientação sobre as restrições neste que é o pior momento da pandemia no RS.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Adolescentes de 12 a 17 anos serão vacinados contra o coronavírus, Herval começa nesta quinta dia 29

O Brasil irá vacinar adolescentes de 12 ...

%d blogueiros gostam disto: