Uruguai e Argentina mantém restrições e fechamento de free shops até 30 de abril

O presidente Luis Lacalle Pou informou que as medidas previstas no dia 23 de março se estenderão até 30 de abril. Os free shops continuarão fechados até hoje, embora já estejam fazendo diligências para modificar essa medida.

Ratificou a importância de ′′ blindar abril”, elogiou o plano de vacinação e disse aguardar que em maio se vejam resultados da inoculação. Confirmou que na próxima semana será estudada assistência econômica para alguns setores afetados.

O presidente anunciou no dia 23 de março o corte nos salários de altos funcionários do governo para aumentar os subsídios aos setores privados afetados pelas restrições e o fechamento dos “free shops” na fronteira com o Brasil para desestimular a chegada de brasileiros e estava prevista as medidas de restrição até, pelo menos, 12 de abril para conter o acelerado aumento de casos, provocados pela “circulação generalizada” da variante brasileira detectada na segunda-feira em sete departamentos (estados) do país. Agora se estendeu até 30 de abril conforme comunicado.

Já o presidente da Argentina, Alberto Fernández, anunciou nesta quarta-feira (07) novas medidas de restrição de mobilidade no país até 30 de abril, para tentar conter o avanço da Covid-19. Em pronunciamento, Fernández afirmou que as ações são necessárias para diminuir a circulação do vírus, após um aumento de 36% nos casos em todo o território nos últimos sete dias e 53% na Área Metropolitana de Buenos Aires (Amba).

Serão suspensas reuniões sociais em residências, atividades públicas com mais de 20 pessoas, eventos em salões de festas, e haverá o fechamento de bares e restaurantes a partir das 23h, além de proibição de circulação entre a meia-noite e as 7h em praticamente todo o território. Na região de Buenas Aires, o transporte público será permitido apenas para trabalhadores essenciais e pessoas previamente autorizadas.

Sobre a vacinação, afirmou esperar que a Argentina consiga imunizar o maior número de pessoas possíveis em abril. Depois de ter contraído a doença mesmo após receber as duas doses da Sputnik V, o presidente afirmou que a “vacina me permitiu passar ao tratamento sem os piores sintomas”.

Fonte: Hora de Notícias Opa/A Hora do Cafezinho/Jornal O Sul

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Dois estabelecimentos, em Jaguarão, são interditados após fiscalização do Programa Segurança Alimentar do RS

Em operação de fiscalização do Programa Segurança ...

%d blogueiros gostam disto: