A um mês da entrega do Imposto de Renda, Receita Federal estuda adiar o prazo

O prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda 2021, ano base 2020, termina daqui a um mês. A Receita Federal tem analisado a possibilidade de adiamento, caso seja necessário, por causa do agravamento da pandemia de Covid-19 e aumento de restrições, mas por enquanto a entrega deve ser realizada até o dia 30 de abril.

Projeto do deputado federal Rubens Bueno (Cidadania-PR) prevê prorrogar até 31 de julho de 2021 o prazo para a entrega. O texto é o primeiro da pauta prevista para ser votada nesta quarta-feira (31), na Câmara dos Deputados. O autor defende a prorrogação por causa do agravamento da pandemia de Covid-19.

A Receita também não descarta o adiamento. “Nós fazemos monitoramento diário, que indica que os números até agora estão acima da expectativa. Ainda não houve nenhum impacto no ritmo de entrega das declarações. O prazo vai até 30 de abril, por isso temos tempo ainda de avaliar se há necessidade ou não de fazer a prorrogação”, afirmou o secretário especial da Receita Federal, José Barroso Tostes Neto.

Até a segunda-feira (29), 8.992.283 declarações haviam sido registradas, das quais 32.512 foram entregues com certificado digital. Segundo a Receita, por enquanto, não há nenhum indício de atraso nem antecipação. Os declarantes estão seguindo o padrão que já acontece há anos.

“É importante que o contribuinte atente para o prazo de entrega, pois estando obrigado à apresentação da declaração e não o fazendo no prazo previsto, estará sujeito a multa”, informou em nota.

O serviço de declaração pré-preenchida, que foi ampliado este ano e que puxa os dados direto do site da Receita Federal. Para isso, é preciso acessar o gov.br/receitafederal, onde é possível puxar a declaração já pré-preenchida. Nela contém as informações que os bancos mandaram para Receita sobre os rendimentos, o que as empresas mandaram também sobre salários, quase todos os rendimentos estão na declaração pré-preenchida.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Adolescentes de 12 a 17 anos serão vacinados contra o coronavírus, Herval começa nesta quinta dia 29

O Brasil irá vacinar adolescentes de 12 ...

%d blogueiros gostam disto: