Atividade da indústria no RS registra três meses consecutivos de queda

Pelo terceiro mês consecutivo, o Índice de Desempenho Industrial gaúcho (IDI-RS), divulgado nessa segunda-feira (5) pela Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS), registrou queda de 1,6% em maio, na comparação dessazonalizada com abril. O índice acumula baixa de 3% desde março, mas continua acima do nível anterior ao da pandemia, depois da forte expansão que sucedeu o colapso em abril de 2020. “O resultado confirma um processo de desaceleração no setor, impactado pela escassez e, principalmente, pelo intenso aumento dos custos dos insumos e matérias-primas, pelos efeitos da pandemia e pela redução dos auxílios governamentais”, afirma o presidente da FIERGS, Gilberto Porcello Petry.

O recuo do IDI-RS em maio foi influenciado especialmente pela queda de 8,3% no faturamento real das empresas, o componente que mais contribui para a redução. As horas trabalhadas na produção (-1,8%) e as compras industriais (-0,9%) também impactaram. Já a utilização da capacidade instalada (UCI) atingiu 81,4% no mês, praticamente o mesmo patamar de abril, 81,2%. Apenas os indicadores de mercado de trabalho aumentaram no período: o emprego, 0,6%, completando um ano de crescimento ininterrupto, e a massa salarial real, 2,4%.

Os resultados anuais seguem favorecidos pela reduzida base de comparação, já que abril de 2020 é o piso da série histórica do IDI-RS, e maio é o segundo menor nível. Nesse sentido, o IDI-RS cresceu 22,9% na relação entre maio de 2020 e de 2021. Na análise dos cinco primeiros meses de cada ano, a expansão alcançou 17,6%, com destaque, entre os componentes, para as altas expressivas das compras industriais (43,1%), do faturamento real (20,5%) e das horas trabalhadas na produção (19,9%). Os demais componentes, emprego (4,8%) e massa salarial real (2,4%), também mostraram desempenhos positivos no período. Já a UCI teve uma elevação de 7,1 pontos percentuais.

Nos primeiros cinco meses de 2021, comparativamente ao mesmo período do ano passado, apenas o setor de Máquinas, aparelhos e materiais elétricos, com -5,1%, registrou queda entre os 16 setores pesquisados. A atividade industrial gaúcha foi puxada, nesse período, principalmente por Máquinas e equipamentos, com grande elevação, 37,5%; Produtos de metal, 32,4%; Veículos automotores, 23,2%; Químicos, derivados de petróleo e biocombustíveis 8,7%, e Alimentos, 5,6%.

EXPECTATIVAS POSITIVAS – Mesmo com o recuo do IDI-RS em maio, as expectativas para os próximos meses são positivas. Segundo Gilberto Petry, isso se deve ao retorno gradual das atividades econômicas, à redução do isolamento social, ao avanço da vacinação, e, sobretudo, à conjuntura favorável ao agronegócio, com aumentos dos preços internacionais e a depreciação cambial, impulsionando o segmento metalmecânico e as exportações industriais no RS. Por outro lado, os problemas na cadeia de suprimentos devem continuar sendo o maior entrave para um melhor desempenho da indústria. Mais informações em https://www.fiergs.org.br/numeros-da-industria/indicadores-industriais.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Dois estabelecimentos, em Jaguarão, são interditados após fiscalização do Programa Segurança Alimentar do RS

Em operação de fiscalização do Programa Segurança ...

%d blogueiros gostam disto: