Bebê morre após ser atacado por PitBull em Aceguá

Uma fatalidade ocorreu na manhã desta quinta-feira, dia 8, na localidade do Minuano, interior de Aceguá, um bebê de 1 ano e 7 meses morreu após ser atacado por um Cachorro Pitbull.

De acordo com a investigação da Delegacia de Polícia Civil de Aceguá, a criança era filha de uma funcionária da casa onde estava o cachorro. O fato ocorreu após o bebê e seu primo de 15 anos saírem da casa para passear e levaram o animal na coleira.

Segundo a policial civil que atendeu o caso, os dois estavam caminhando numa região verde e o menino tropeçou e caiu, momento que o animal atacou o bebê no pescoço. O adolescente pediu ajuda e alguns vizinhos conseguiram socorrer a criança, mas ela já estava sem vida. Acontece que o animal mordeu o pescoço do bebê e o cachorro custou a largar a criança, depois de conseguir afastar, com ajuda de alguns moradores, o animal ainda atacou mais duas vezes a criança. As testemunhas ainda relataram que ele não atacou nenhum adulto, apenas o bebê. A dona do cachorro vai ser responsabilizada e o caso foi registrado como homicídio culposo, que é quando não há intenção de matar. O animal é de uma vizinha da família. A mãe do bebê ajudava essa vizinha, que é idosa

O menino foi socorrido, mas o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) atestou o óbito ao chegar no local.

A polícia informou que o cachorro era acostumado com a criança, que nunca o havia atacado e era manso. A dona do cachorro vai ser responsabilizada e o caso foi registrado como homicídio culposo, que é quando não há intenção de matar. O animal é de uma vizinha da família. A mãe do bebê ajudava essa vizinha, que é idosa. A perícia do IGP foi ao local e será realizado o inquérito do fato.

Fonte: Rochele Barbosa/ Jornal Minuano/Folha do Sul

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Adolescentes de 12 a 17 anos serão vacinados contra o coronavírus, Herval começa nesta quinta dia 29

O Brasil irá vacinar adolescentes de 12 ...

%d blogueiros gostam disto: