Bombeiros em Jaguarão realizam salvamento de pescador

O Pelotão de Bombeiro Militar de Jaguarão socorreu na noite de segunda-feira (1º) um pescador. A corporação recebeu uma ligação pelo 193, aproximadamente às 21h, no qual foi informado que três pessoas haviam saído para pescar e após a chuva intensa que caiu no Município, uma delas havia ficado ilhada após subida repentina do rio, necessitando de resgate.

O Corpo de Bombeiros ao chegar ao local denominado Posto de Bombas, Zona Rural, percorreu cerca de dois quilômetros por uma plantação de soja até conseguir ter acesso ao local citado pelo comunicante, onde estavam, à margem do rio, duas pessoas. Eles contaram que estavam pescando naquela tarde, porém ao retornar, notaram que o rio havia subido e por saberem nadar, atravessaram o rio, conseguindo chegar à margem segura. Porém, o terceiro integrante do grupo, por não saber nadar, ficou ilhado, uma vez que não quis arriscar a vida e tentar atravessar o rio devido à forte correnteza.

Após análise do local onde seria realizada a busca, a equipe decidiu fazer o resgate utilizando o bote inflável. Durante o deslocamento, devido à baixa visibilidade noturna e a forte correnteza, foi necessária muita cautela para ter acesso ao local. O rapaz foi localizado e estava calmo e apresentava um bom estado de saúde. A equipe de socorristas dos Bombeiros, após aproximadamente 5 horas de buscas, e por conseguir êxito no resgate, deslocou com segurança até a margem do rio, onde amigos e familiares aguardavam.

Fonte: Diário Popular

Foto: Bombeiros de Jaguarão

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Ministério Público recorre de decisão que negou prisão de homem que matou cachorro em Rio Grande

O MP (Ministério Público) recorreu, no início ...

%d blogueiros gostam disto: