Caminhoneiros devem iniciar protestos a partir deste domingo

A Associação Nacional de Transporte do Brasil (ANTB), que reúne motoristas autônomos do Brasil independente do ramo de transporte e garante ser responsável por até 70% do transporte brasileiro, afirma que a categoria está insatisfeita com os sucessivos aumentos do preço dos combustíveis.

“A pauta principal é a política de preços dos combustíveis, a mudança na política de preços, o fim da política de Preço de Paridade de Importação (PPI) da Petrobras para combustíveis, e a reforma tributária urgente que ninguém aguenta mais pagar 45% de impostos num litro de combustível”, afirma José Roberto Stringasci, representante da ANTB.

De acordo com Stringasci, a mobilização da categoria está “bem grande” em vários estados. A ideia é começar a mobilização a partir do dia 25 e dar continuidade aos protestos durante a semana. “Estão se organizando, unindo, a princípio essa data é a sugestiva. Estão se mobilizando para dar início no dia 25 e até onde sabemos, até onde passaram para a gente, vai ter vários protestos no país todo. E durante a semana também vai dar sequência. Inclusive o pessoal dos aplicativos está vindo junto”, garante.

Confederação não recomenda ‘qualquer movimento que coloque em risco a vida’

Em nota, a Confederação Nacional dos Caminhoneiros e Transportadores Autônomos de Bens e Cargas (CONFTAC) informa que não houve nenhuma consulta ou manifestação da categoria a entidades de representação legal filiadas à Confederação sobre um movimento de paralisação. “Entendemos que o momento continua difícil economicamente e é de forma generalizada. Toda a sociedade sofre as consequências de momentos de crise”, destaca.

A nota reforça que, mesmo assim, para o setor de transporte há canais abertos de negociação, “que já apontam consideráveis avanços para o setor”, não justificando ainda qualquer medida extremada no sentido de paralisação das atividades. “Há que se distinguir opiniões, desejos e manifestações diversas da necessidade do Transportador Autônomos de Carga que não pode ceder a encantos que o levem a ser usado como moeda de troca ou escudo para outros interesses estranhos a sua atividade”, completa.

A CONFTAC afirma que, amparada por suas federações filiadas, ‘não recomenda qualquer movimento que coloque em risco a vida e a liberdade, mantendo a categoria em plena autonomia de decisão de sua vontade.’

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Dois estabelecimentos, em Jaguarão, são interditados após fiscalização do Programa Segurança Alimentar do RS

Em operação de fiscalização do Programa Segurança ...

%d blogueiros gostam disto: