Caminhoneiros recebem vacina contra a gripe em unidades da PRF

Em ação conjunta da Polícia Rodoviária Federal, do Ministério da Saúde, da Secretaria Estadual da Saúde do RS e da Secretaria Municipal da Saúde de Rio Grande, com apoio do Exército Brasileiro e da Concessionária Ecosul, foi organizado na terça-feira (5) ponto de vacinação para os profissionais do transporte de cargas junto à Unidade Operacional da PRF em Rio Grande.

A ação iniciou por volta das 10h e foi encerrada às 16h. Foram vacinados 112 profissionais. Os policiais abordavam os condutores, informavam sobre a ação e os convidavam para a vacinação. Nos procedimentos prévios era verificada a temperatura dos motoristas por profissionais da área da saúde da concessionária, bem como o credenciamento pelo Exército Brasileiro. Também foram repassadas orientações e distribuído kits de higiene aos caminhoneiros.

A classe, essencial para a logística de abastecimento do país, faz parte do grupo prioritário da segunda etapa de imunização contra a Influenza, que começou no dia 16 de abril e irá até o dia 8 de maio. Por causa das dificuldades dos caminhoneiros em manobrar e estacionar os veículos dentro das cidades, as vacinações ocorrem direto nos pátios das unidades da PRF, que contam com ampla área de manobra e estacionamento, visando assim um maior número de motoristas vacinados.

Novas ações serão realizadas em Rio Grande, quando mais doses forem disponibilizadas pela Secretaria de Saúde do Estado.

Fonte: Jornal Tradição Regional

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Ministério Público recorre de decisão que negou prisão de homem que matou cachorro em Rio Grande

O MP (Ministério Público) recorreu, no início ...

%d blogueiros gostam disto: