Compasso de espera no futebol, andamento em obras e aguardo por reuniões no Farroupilha

O Grêmio Atlético Farroupilha completou mais de um ano sem entrar em campo. A triste paralisação começou no fim da Divisão de Acesso 2019, competição na qual o clube foi rebaixado, se estendeu com o Tricolor não disputando o segundo semestre do ano e agora não conseguindo dar o pontapé inicial na temporada 2020. Com o elenco praticamente pronto, à espera da definição de calendários para o retorno aos treinos, o Fantasma do Fragata aguarda pelas reuniões com a Federação Gaúcha para saber o que terá direito, como auxílios financeiros.

O presidente Félix Penedo conversou com o Diário da Manhã sobre os principais pontos nesse compasso de espera. “O Gauchão está praticamente definido, o reinício entre o final de julho e o começo de agosto. Acreditamos na Divisão de Acesso voltar pela mesma época. Após essa reunião da FGF sobre o Gauchão, nesta próxima semana eles vão conversar com os clubes do Acesso. Na outra semana, daqui a 15 dias, será a vez de tratarem com os clubes da Segunda Divisão Gaúcha. Eles acenam para uma ajuda, não sei se financeira, ou ao menos isenções de taxas. Isso será abordado. Querem saber a realidade dos clubes, que é diferente em cada um, são peculiaridades que diferem”, afirmou o dirigente do Fantasma.

De acordo com Félix, o Farroupilha mantém seus atletas informados e mobilizados por meio da comissão técnica, do treinador Eugênio Lopes, do auxiliar Luciano Proença e demais membros. As demonstrações de treinos por vídeos e fotos é compartilhada para os jogadores. O Tricolor fica atento às movimentações dos órgãos públicos e da Federação Gaúcha, para estar pronto quando houver um sinal verde para reiniciarem os treinos.

Com o aguardo do campeonato para agosto ou setembro, Félix comenta a necessidade de jogos com público, para os clubes da Segunda Divisão se suportarem. “Temos a intenção de disputar a competição, com uma equipe forte e o objetivo de subir”, ponderou. No estádio Nicolau Fico, seguem os cuidados estruturais, com o departamento de patrimônio em obras, pela manutenção de telas das arquibancadas, vestiários e tratos com o gramado.

No trabalho junto ao elenco, o auxiliar técnico e preparador físico Luciano Proença comentou: “Nós, do Tricolor Fragatense, quanto ao que diz respeito ao futebol, seguimos em contato com nossos atletas através do grupo de WhatsApp e por ali passamos orientações sobre trabalhos que possam ser feitos em suas casas. Usamos muitos vídeos e fotos para ilustrar as atividades, facilitando a compreensão e execução por parte dos atletas. O professor Ícaro, que compõe a comissão técnica junto comigo, o Eugênio e o Felipe Veleda (preparador de goleiros), tem sido fundamental na manutenção dessas atividades. Geralmente ele é quem ministra as aulas por lives e vídeos. Temos um retorno positivo nesse sentido”, disse Proença.

Por: Henrique König

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Ministério Público recorre de decisão que negou prisão de homem que matou cachorro em Rio Grande

O MP (Ministério Público) recorreu, no início ...

%d blogueiros gostam disto: