CRPO/SUL doa cestas básicas

Em continuidade às comemorações do 46° aniversário do Comando Regional de Polícia Ostensiva Sul (CRPO Sul), na tarde de ontem, os policiais que integram a sede da unidade em Pelotas, reuniram-se em prol de ação solidária. Assim, foram doadas 44 cestas básicas para o Instituto de Menores Dom Antônio Záttera.

APOIO – O montante será repassado às famílias assistidas pela entidade. A ação, conforme divulgar o CRPO/Sul, teve apoio do Supermercado Nicolini, que duplicou a compra, doando também o mesmo número de cestas básicas compradas pelos policiais.

IDOSOS – Nos próximos dias, haverá novas apresentações da banda de música da BM. O grupo visitará idosos de outros municípios.

DOAÇÕES – Além disso, prosseguem as doações de sangue ao Hemocentro de Pelotas, bem como a participação na campanha Cabelos de Aço das Brigadianas, que colabora com a Associação de Apoio a Pessoas com Câncer (AAPECAN).

O CRPO Sul, criado pelo Decreto Estadual Nº 23.245, de 13 de agosto de 1974, e hoje comandado pelo Coronel Eduardo dos Santos Perachi, tem suas instalações em Pelotas e é constituído por 5 unidades: 4ª Batalhão de Polícia Militar e 5º Batalhão de Polícia de Choque, ambos com sede em Pelotas; 6º Batalhão de Polícia Militar, com sede em Rio Grande; 30º Batalhão de Polícia Militar, com sede em Camaquã; e 3º Batalhão de Policiamento em Área de Fronteira, com sede em Jaguarão.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Ministério Público recorre de decisão que negou prisão de homem que matou cachorro em Rio Grande

O MP (Ministério Público) recorreu, no início ...

%d blogueiros gostam disto: