Dia de Vacina

De 06 meses a 6 anos de idade, todos os pequenos devem ser vacinados contra a Gripe (H1N1), a mesma que alguns anos atrás matou milhares, no mundo inteiro e no Brasil e continua matando, só que agora tem vacina para prevenção, por isso a importância de vacinar todos os grupos de risco…

Mas, minha história é outra, essa é a primeira vez que levo meu pequeno notável com 1 ano e 1 mês para um espaço público depois de quase 60 dias encerrado pela Pandemia, segundo feliz problema nesta história, ele já caminha e se comunica muito bem. Primeira dificuldade, impossível colocar máscara nele, segunda, em nenhum momento ele quer ficar no colo.

Precisamos usar máscara e manter o distanciamento social de 2 metros. Como fazer um bebê entender isso? Pra mim impossível, e a base da violência jamais.

Enquanto todas as crianças entre 1 e 4 anos permaneciam quietas no colo de seus pais, meu pequeno, correu para todos os lados, cumprimentou com “opa Tchê” e tchau, tchau, todos que entraram e saíram, sem deixar escapar ninguém do seu campo de visão, pensa em um bebê espoleta e inquieto, sem cabelos e nada mais que seis dentes, era o meu…

Por sorte, o pessoal aqui, adotou um método diferente, todos que serão vacinados, entram por uma porta lateral, direto na sala da vacina, sem passar pela recepção ou corredor da UBS, em dias abertos aguardam no estacionamento que é aberto e muito grande.

Claro que ele explorou todo o terreno entre corridas, tropeços, quedas e caminhadas, sem perder a pose e a alegria de quem não entende nada de coronavírus e está ali a mercê do que possa vir.

Estamos na espera, talvez tenhamos ficado uns 20 minutos, tempo suficiente para mostrar para todos que a comunicação não atinge todo mundo, nem se explica para uma criança métodos de bom convívio social.

A única coisa que ele entendeu é que tomar vacina arde pra xuxu, mas não precisa chorar muito e que todo terreno grande e aberto deve servir para correr e saudar pessoas que vem e vão.

Olhares de repressão não são compreendidos, o distanciamento social só funciona para quem entende e nós adultos precisamos aprender a nos comunicar melhor e entender que liberdade é pra quem sabe usar, porque nossos filhos não entendem o que estamos passando e ordens a base de violência não são base para um futuro digno e embasado no conhecimento. As alternativas e medidas de cuidado e segurança devem abranger a todos, e se deve lembrar que bebês não cumprem ordens de Distanciamento Social.

Crônica por: Fernanda de Freitas

Sobre Fernanda

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Herval ganhará pista de Veloterra

A Administração Municipal e a Associação Hervalense ...

%d blogueiros gostam disto: