Dois estabelecimentos, em Jaguarão, são interditados após fiscalização do Programa Segurança Alimentar do RS

Em operação de fiscalização do Programa Segurança Alimentar RS realizada nesta quinta-feira, 19 de maio, sob coordenação do Ministério Público do Rio Grande do Sul, foram apreendidas e inutilizadas 783 kg de alimentos impróprios para consumo no município de Jaguarão.

Quatro estabelecimentos foram fiscalizados, sendo dois mercados, um armazém e uma indústria de linguiças. Um dos mercados e o fabricante de linguiças foram interditados e os demais foram apenas autuados.

O fabricante de linguiças teve uma nova interdição, pois já estava interditado e, no ato da fiscalização, não poderia estar funcionando. Já um dos mercados apresentou condições de higiene inadequadas e desorganização.

As principais irregularidades encontradas foram produtos com prazo de validade expirado ou sem prazo de validade no rótulo, falta de procedência e armazenamento inadequado. Um dos estabelecimentos também realizava a comercialização de medicamentos de forma irregular.


Participaram da fiscalização o coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) – Segurança Alimentar, Alcindo Luz Bastos da Silva Filho, o promotor de Justiça de Jaguarão Pedro Santos Fernandes, servidores do Gaeco – Segurança Alimentar, representantes da Vigilância Sanitária Municipal de Jaguarão, Serviço de Inspeção Municipal de Jaguarão, Secretaria Estadual da Saúde (SES), Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR), Delegacia de Polícia de Proteção ao Consumidor (Decon) e da Patrulha Ambiental da Brigada Militar (Patram).

Ascom Ministério Público do RS – Foto: Divulgação

Fonte: Portal de Camaquã

 

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Google vai distribuir 500 mil bolsas de estudos para cursos em tecnologia; veja como se candidatar

O Google anunciou em junho que distribuirá ...

%d blogueiros gostam disto: