Governo do Estado oficializa projetos estratégicos da SOP para 2021

Em atividade virtual liderada pelo governador Eduardo Leite e pelo vice-governador Ranolfo Vieira Júnior, os secretários do Executivo, entre eles o titular da Secretaria de Obras e Habitação, José Stédile, assinaram o Acordo de Resultados 2021. O documento resume os 252 projetos estratégicos de cada pasta e reforça as 407 metas da gestão, com foco na qualificação dos serviços públicos e visando entregas concretas à população.
Entre as diretrizes de trabalho na SOP está a queda no déficit habitacional, a regularização urbana e fundiária e o investimento na infraestrutura através da contratação de horas-máquina para a recuperação de estradas vicinais.“Também estamos trabalhando para efetivar o programa Nenhuma Casa Sem Banheiro”, adiantou José Stédile. Ele lembrou, ainda, que a continuação das obras nas barragens Jaguari e Taquarembó também integram o AR da pasta para 2021.
Stédile completa que, apesar do período atípico imposto pela pandemia, os departamentos da SOP seguem trabalhando para garantir resultados concretos à população “São ações que fortalecem a pauta municipalista. Nosso foco é o desenvolvimento do Estado a partir do fortalecimento regional”, reforçou ele, que esteve acompanhado pelo secretário-adjunto Giovane Wickert.
Também representaram a secretaria na assinatura do Acordo de Resultados 2021 o Coordenador de Gestão da Pasta, Pedro Maboni, além dos diretores e/ou gestores dos projetos estratégicos da SOP.

PROJETOS ESTRATÉGICOS DA SOP EM 2021

1. Regulariza RS – Regularização Fundiária e Urbana

2. Barragem Taquarembó e Sistemas Associados

3. Barragem Jaguari e Sistemas Associados

4. Horas-Máquina para Enfrentamento à Estiagem

5. Nenhuma Casa sem Banheiro

6. Projetos executivos para implantação de PPCI em Escolas

7. Perfuração de Poços Profundos

Saiba mais
Em análise prévia, o custo total para concluir as entregas e obter os resultados esperados dos 252 projetos estratégicos é de R$ 922.865.829,18. O valor está alinhado com a realidade financeira do Estado, que enfrenta uma crise fiscal, além da pandemia global de Covid-19.
O secretário de Planejamento, Governança e Gestão, Claudio Gastal, acompanhou o governador e o vice-governador no Palácio Piratini, enquanto os demais secretários marcaram presença de maneira virtual.
Saiba mais sobre o evento AQUI

Texto: Saul Teixeira

Foto: Isabela Aguiar

Ascom SOP/RS

Sobre Reportagem

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Vulcão na África não deve causar tsunami no Brasil, diz especialista

A história que uma provável erupção nas ...

%d blogueiros gostam disto: