Herval é contemplado com projetos em Programa de Enfrentamento à Estiagem

Para amenizar os efeitos causados pela Estiagem no Rio Grande do Sul, o Governo do Estado anunciou em Live recursos para o enfrentamento à estiagem e para a mitigação dos danos causados pelos meses de seca.

O Município de Herval, que foi fortemente atingido pela seca nos últimos meses, foi contemplado com dois projetos: contratação de horas-máquina para recuperação de estradas e perfuração de poços.

No total, serão R$ 55,1 milhões destinados a perfuração de poços, construção de açudes e pagamento de horas-máquina para recuperação de estrada para todos os municípios que tiveram seus decretos de emergência reconhecidos pelo estado.

Os recursos resultam de ação conjunta entre o governo do Estado, a bancada federal gaúcha, a Assembleia Legislativa e o governo federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional.

Herval teve a Situação de Emergência por estiagem homologado no dia 12 de março. De acordo com a Emater, as perdas foram principalmente nas culturas de produções de abóbora, soja, feijão, olericultura e milho (grão e selagem), além da pecuária. A Secretaria de Agropecuária e Desenvolvimento de Herval, desde então, vem oferecendo recursos para minimizar os problemas dos produtores rurais, como distribuição de cestas básicas e água potável.

Segundo o Prefeito Rubem Wilhelnsen, a localidade que receberá a perfuração do poço já vem sendo estudada pela equipe da Prefeitura, entretanto, o Estado ainda não informou quando o recurso será liberado aos Município para o início dos projetos.

Sobre Reportagem

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Vulcão na África não deve causar tsunami no Brasil, diz especialista

A história que uma provável erupção nas ...

%d blogueiros gostam disto: