Herval inicia cronograma do Programa de Regularização Fundiária

A Prefeitura de Herval deu o primeiro passo no projeto de Regularização Fundiária Urbana (REURB), que garante o direito à moradia daqueles que residem em localidades informais localizadas na área urbana. Nessa primeira etapa, está sendo realizado o trabalho de medição e cadastramento de lotes.

Nessa primeira etapa, a equipe, formada pelos estagiários da Administração Municipal, coordenados pelo Secretário Adjunto de Planejamento, André Pereira, está visitando os imóveis do Bairro Pilão, região sorteada para o inicio do projeto, para realizar as medições territoriais e das residências. Este levantamento topográfico tem grande importância para o bom resultado do programa, e por isso será necessário o acesso desta equipe a quintais e lotes, de acordo com cronograma estabelecido.

O Prefeito, Ildo Sallaberry, acompanhado da engenheira da Prefeitura, Clara Domingues, uma das responsáveis pelo projeto e membro da Comissão do Programa, estiveram acompanhando os trabalhos nessa terça-feira (03). Além da representação da Administração, o trabalho também foi acompanhado pelo Presidente da Associação do Bairro Pilão, Ricardo Souza, que acredita que o projeto será muito benéfico para toda a comunidade. “Sabemos que mais de 90% dos imóveis do Bairro Pilão estão irregulares, por isso, com o projeto, essas famílias vão poder ter a posse do lote, com muitas possibilidades para vender, comprar, solicitar financiamento, entre outros benefícios”, destacou Ricardo.

O REURB tem o objetivo de entregar a titulação, ou seja, o registro de propriedade dos imóveis, garantindo a segurança jurídica na posse para o morador do imóvel regularizado.

Fonte: Assessoria de Imprensa

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Google vai distribuir 500 mil bolsas de estudos para cursos em tecnologia; veja como se candidatar

O Google anunciou em junho que distribuirá ...

%d blogueiros gostam disto: