Herval terá 100% da iluminação pública com lâmpadas de LED

A zona urbana de Herval terá, em breve, iluminação com mais qualidade, visibilidade e segurança, pois, nessa terça-feira (31) a Administração Municipal assinou o contrato para substituição das luminárias atuais para a instalação de luminárias com a tecnologia LED.O contrato foi firmado pelo Prefeito, Ildo Sallaberry, que comemorou mais esse investimento na população. “É uma grande melhoria para Herval, pois trará melhoria na iluminação, deixando a cidade mais clara, e também durabilidade da manutenção das lâmpadas, pois possuem garantia de seis anos”, declarou. A prestação do serviço será realizada pela empresa Embralux, contratada através do Sistema de Registro de Preços do Consórcio Público do Extremo Sul, destinado à aquisição de luminárias instaladas com tecnologia LED.O investimento inicial para projeto de substituição da iluminação pública é de cerca de R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais), oriundos do recurso livre da Administração Municipal.  Inicialmente, está prevista a troca em 500 pontos de iluminação, que contempla cerca de 80%, mas a Prefeitura já prevê a realização de um aditivo de contrato para atender toda a cidade.Com melhor desempenho e durabilidade, as lâmpadas reduzem custos com manutenção em longo prazo e trazem, também, benefícios ambientais, pois esse dispositivo é livre de metais pesados e é composto por materiais recicláveis. Os LEDs também trazem conforto visual e maior nitidez para os usuários de iluminação pública.A assinatura do contrato foi acompanhada ainda pelo Vice-Prefeito, Celso Silveira; os Secretários de Administração, Sabrina Echeverria, de Assistência Social, Daiane Rodrigues, de Obras, Rodrigo Dutra, de Planejamento, Toninho Veleda, e a adjunta Luana Medeiros; pelos vereadores João Bosco Paiva e Edinaldo Azevedo; o arquiteto, Márcio Poersch, o eletricista, Maiquel de Almeida, e os representantes da Embralux, Rafael Tumelero e Paulo Motta.Fonte/Fotos: Karoline Peter – Assessora de Imprensa PMH

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Google vai distribuir 500 mil bolsas de estudos para cursos em tecnologia; veja como se candidatar

O Google anunciou em junho que distribuirá ...

%d blogueiros gostam disto: