Humorista Batoré morre em São Paulo aos 61 anos

O humorista e ator Ivanildo Gomes Nogueira, mais conhecido como Batoré, morreu nesta segunda-feira (10), aos 61 anos. Batoré faleceu na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Pirituba, na zona oeste de São Paulo, confirmou a Secretaria Municipal de Saúde da capital paulista.

Nascido em Serra Talhada (PE), Ivanildo deixou Pernambuco aos 11 anos de idade, junto dos pais e seus sete irmãos, até chegar a Mauá, na Grande São Paulo. Ainda jovem, antes de se tornar conhecido por seu personagem mais célebre, Ivanildo teve uma breve carreira no futebol, abreviada por uma fratura no tornozelo, quando atuava pelo Ituano.

Nos anos 1980, teve suas primeiras aparições na televisão no programa Show de Calouros, no SBT. Mas foi na década seguinte, interpretando o personagem Batoré em A Praça é nossa, na mesma emissora, que Batoré ganhou fama nacional com seus bordões “Você é forgaaaado!”, “Ah, para, ô!” e “Você acha que é bonito ser feio?”.

Em recente entrevista ao Domingo Espetacular, ele contou sobre a origem do personagem. “Eu quis fazer essa homenagem ao Nordeste. E aí eu fiz essa homenagem e graças a Deus é um dos mais queridos”, diz ele.

Em 2008, Ivanildo foi eleito vereador em Mauá com 4.778 votos, e ainda seria reeleito em 2012 no município da Grande São Paulo. No entanto, dois anos depois, a Justiça Eleitoral o afastou do cargo após uma mudança de partido, considerando a manobra como “infidelidade partidária”.

Depois da carreira na política, voltou à televisão para interpretar o Delegado Queiróz na novela Velho Chico, na Globo, em 2016. Três anos depois, Ivanildo retornou à Praça é Nossa após 15 anos para interpretar novamente o personagem que o havia tornado conhecido em todo o país.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Ministério Público recorre de decisão que negou prisão de homem que matou cachorro em Rio Grande

O MP (Ministério Público) recorreu, no início ...

%d blogueiros gostam disto: