Incra prorroga prazo para assentados quitarem o Crédito Instalação

Os assentados com parcelas do Crédito Instalação do Incra vencidas em 2020 e 2021 – durante a pandemia – têm até dia 2 de outubro para quitar o débito sem juros e com desconto. O pagamento em condições facilitadas pode ser feito na rede bancária.

A prorrogação por mais 60 dias foi determinada pela Portaria do Incra nº 1.007 (de 09/07/2021), que entrou em vigor em 2 de agosto. Famílias contempladas que realizarem o reembolso fora do novo prazo perderão os subsídios e a não-quitação implica em dívida.

A medida abrange 279 agricultores no Rio Grande do Sul que possuem prestações pendentes entre julho de 2020 e maio de 2021. São beneficiários de 110 assentamentos de 38 municípios.

Condições

O ressarcimento do Crédito Instalação é feita em parcela única, conforme a linha de financiamento acessada. Na modalidade Apoio Inicial de R$ 5,2 mil por família, ou a sua complementação, a carência para pagamento é de três anos, com rebate de 90% sobre o saldo devedor. O Fomento Mulher, no valor individual de R$ 5 mil, tem carência de um ano e desconto de 80%.

Como pagar

As guias para pagamento são obtidas exclusivamente pela internet, na Sala da Cidadania Digital do Incra: https://saladacidadania.incra.gov.br/

Em caso de dúvidas, o assentado pode entrar em contato com o Incra/RS (pelos telefones 51 3284 3368 / 3366) ou com a Emater mais próxima.

Assessoria de Comunicação – Incra/RS

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Vulcão na África não deve causar tsunami no Brasil, diz especialista

A história que uma provável erupção nas ...

%d blogueiros gostam disto: