INSS prorroga a suspensão da prova de vida até o fim de fevereiro

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) prorrogou até o fim de fevereiro o prazo de suspensão da prova de vida para aposentados e pensionistas, segundo portaria publicada nesta quarta-feira (20) no Diário Oficial da União.

Com a medida, pagamentos que dependem do procedimento não serão suspensos até o fim de março, informou o INSS. A suspensão da prova de vida iniciou em março de 2020, quando começaram as medidas de isolamento social para conter a disseminação do coronavírus. A previsão era de que a prova voltaria a ser exigida no início de 2021.

A nova portaria prorroga a interrupção de cortes de benefícios por mais duas competências, referentes a janeiro e fevereiro deste ano. A prorrogação vale para os beneficiários residentes no Brasil e no exterior.

A lei prevê que, todos os anos, beneficiários do INSS precisam comprovar ao governo que estão vivos. Essa comprovação é sempre presencial e pode ser feita na instituição bancária em que o aposentado ou pensionista recebe o benefício, em uma agência do INSS, em embaixadas e consulados ou na casa de aposentados e pensionistas com dificuldade de locomoção.

Quem não faz a comprovação no prazo tem o pagamento bloqueado, suspenso ou cessado. O procedimento tem como principal objetivo evitar fraudes e pagamentos indevidos.

A portaria publicada nesta quarta pelo INSS afirma que a suspensão da prova da vida não prejudica “a rotina e obrigações contratuais estabelecidas entre este Instituto e a rede bancária pagadora de benefícios, devendo a comprovação de vida junto à rede bancária ser realizada normalmente”.

Militares

Também nesta quarta-feira foi suspensa a atualização cadastral para a prova de vida de militares inativos, pensionistas de militares, militares anistiados políticos e dependentes habilitados até 30 de junho.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Herval ganhará pista de Veloterra

A Administração Municipal e a Associação Hervalense ...

%d blogueiros gostam disto: