Judiciário gaúcho abre processo seletivo para a contratação de estagiários

O Programa de Estágio do Poder Judiciário do Estado do Rio Grande do Sul é regulamentado pela Lei nº 11.788/2008 e destinado a estudantes que estejam frequentando o ensino regular em instituições de educação superior, profissional ou de ensino médio, devidamente credenciadas junto ao Poder Judiciário.

O estágio pode ser realizado em setores que tenham condições de proporcionar experiência prática aos estudantes e que possuam correlação com as respectivas áreas de formação profissional.

A contratação de estudantes deve ser precedida de aprovação em processo seletivo público, conforme Ato nº 051/2016-P.

Clique aqui para se inscrever ou acompanhar os processos seletivos.

Manuais de Estágio

Orientações sobre o Processo Seletivo


Bolsa-auxílio

Valor por hora:

  • Ensino Médio/Técnico: R$ 4,88
  • Ensino Superior: R$ 6,41
  • Pós-graduação: R$ 9,61

Vale Alimentação (R$ 16,00) + Vale Transporte (R$ 9,60): R$ 25,60 (valor por dia trabalhado para todos os níveis de estágio)


Documentação para Estágio

  • Foto
  • Atestado de matrícula (original e autenticado) comprovando o semestre do curso, com as disciplinas matriculadas (requerimento de matrícula não serve como atestado)
  • Cópia da carteira de identidade e do CPF
  • Folha Corrida Judicial (apenas para estagiários maiores de idade)

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Vulcão na África não deve causar tsunami no Brasil, diz especialista

A história que uma provável erupção nas ...

%d blogueiros gostam disto: