MTG e FCG anunciam projetos contemplados no programa Invernadas Culturais

O Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) e a Fundação Cultural Gaúcha (FCG) apresentaram os projetos selecionados no edital Programa Invernadas Culturais.

A publicação foi feita durante live realizada na página do Facebook do MTG e compartilhada no Facebook da Sedac, com participação da secretária de Estado da Cultura, Beatriz Araujo, do deputado estadual Mateus Wesp, da secretária adjunta da Cultura, Gabriella Meindrad, da presidente do MTG, Gilda Galeazzi, e do vice-presidente da FCG, Maxsoel Bastos.

Com o objetivo de fortalecer e valorizar a cultura regional, além de garantir a sua preservação, foram selecionados 30 projetos de oficinas virtuais, somando um investimento total de R$ 150 mil, com recursos provenientes de emenda parlamentar do deputado Mateus Wesp. As áreas contempladas são de artes visuais, audiovisual, artes cênicas, artesanato, gastronomia e música.

Os critérios utilizados para seleção de 30 projetos entre mais de 100 inscritos foram Coerência entre as Ações Propostas e as Diretrizes do edital; Relevância Cultural e Originalidade das Atividades Propostas; Planejamento do Projeto (clareza, viabilidade, exequibilidade) e Capacidade Técnica; Democratização do Acesso; e Atividades de Formação em Favor da Diversidade Cultural.

A execução dos projetos fica imediatamente autorizada após formalizado o termo de colaboração e deverá ocorrer em até 60 dias. Os projetos devem ficar disponíveis no Youtube.

Entidades Classificadas Preliminarmente
Entidades Suplentes Preliminarmente

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Ministério Público recorre de decisão que negou prisão de homem que matou cachorro em Rio Grande

O MP (Ministério Público) recorreu, no início ...

%d blogueiros gostam disto: