Pelo segundo dia consecutivo, ocupação de leitos privados de UTI supera 80%

A explosão de casos confirmados para o coronavírus associado a internações por outras doenças vem aumentando dia após dia a pressão sob o sistema de saúde. Dos 3.078 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI), 1.947 estavam ocupados até o início da noite de ontem – equivalente a 63,3% de taxa de lotação. Do total, 473 tinham diagnóstico para Covid-19. O número de leitos livres era o menor em seis meses: 1.131 unidades. Por conta do avanço das hospitalizações, a rede privada operava pelo segundo dia seguido com mais de 80% de ocupação.

Do total de pacientes em estado grave, 634 estavam em leitos privados, o que correspondia a lotação de 83,4%. Na véspera, a lotação chegou a 80,3%. Com o triplo da capacidade da rede privada, com 2.318 unidades disponíveis, os leitos SUS tinham 1.313 pacientes, ou seja, operava com 56,6% da capacidade. Em mais um dia de número recorde de contágio pela Covid-19, a Secretaria Estadual da Saúde (SES) informou ontem mais 25.923 novos casos da doença, elevando o total de janeiro para 283.778 – maior número registrado em um mês desde o início da pandemia.

Com mais 32 óbitos confirmados em decorrência da doença, o Estado contabiliza 36.822 mortes. Com 362 vítimas registradas desde o início do ano, janeiro também já supera o número de óbitos confirmados em dezembro, quando 249 pessoas perderam a batalha para a Covid-19. Na Capital, um dia após registrar o maior número de internações por conta da doença, a ocupação de leitos de UTI apresentava estabilidade. Dos 651 pacientes em estado grave, 133 apresentavam diagnóstico para o novo coronavírus, dois a menos do que na véspera.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Dois estabelecimentos, em Jaguarão, são interditados após fiscalização do Programa Segurança Alimentar do RS

Em operação de fiscalização do Programa Segurança ...

%d blogueiros gostam disto: