Prefeita Paula pede que Vigilância Sanitária vistorie o Pop Center em Pelotas

A manhã desta sexta-feira (19) foi de fiscalização da Vigilância Sanitária da Secretaria da Saúde (SMS) em relação ao cumprimento das regras previstas no Decreto Municipal nº 6.801, que determina a reabertura do Pop Center. Entre as exigências vistoriadas pelos servidores, destacam-se a oferta de métodos de higienização a clientes e trabalhadores, a situação dos banheiros e o plano de distanciamento para as pessoas que circulam no local. A inspeção foi solicitada pela prefeita Paula Mascarenhas, que deverá receber um relatório da análise sanitária no começo da próxima semana.

Os quatro fiscais, acompanhados por guardas municipais, foram recebidos por funcionários com Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) em um dos dois acessos que estão disponíveis para entrada no prédio do Pop Center. Após terem a temperatura corporal aferida, constataram a presença de um dispenser com álcool em gel para utilização de quem entrar no estabelecimento. Segundo a administração do shopping popular, 35 equipamentos com o produto indicado para higienização das mãos de trabalhadores e consumidores foram instalados em todo o espaço.

Vigilância Sanitária Pop Center 04Medição do espaço e inspeções

Logo em seguida, passaram a detalhar as determinações previstas na resolução municipal, que garante o funcionamento do Pop Center durante a pandemia. Os técnicos mediram o espaço entre os oito corredores utilizados para fluxo do público, assim como inspecionaram as condições de lixeiras e dos banheiros – todos em plena atividade. A circulação de ar também foi verificada, com a vistoria de janelas e ventiladores.

Nas duas bancas em funcionamento, do total de 502, a equipe averiguou o uso de máscaras pelos trabalhadores e a forma adotada de limpeza em máquinas operadoras de cartão. Também entregou notificações nas quais o Município requer o Plano de Manutenção e Controle para o Ar Condicionado (PMOC) – norma sanitária capaz de garantir a qualidade do ar do ambiente.

Praça de Alimentação

Na área destinada à alimentação, das 30 mesas ocupadas anteriormente, mantiveram-se oito delas, respeitando o distanciamento de 2 metros entre cada uma. Os técnicos pediram a instalação de uma pia, a fim de que os clientes possam lavar as mãos, e anunciaram a realização de uma reunião com os seis permissionários que comercializam alimentos no local.

“Vamos nos reunir com as pessoas que aqui trabalham para explicar normas mais específicas para o manejo de alimentos, o que devem cumprir para manter o serviço funcionando, principalmente neste período de pandemia. Devemos fazer esse contato já na próxima semana”, explicou o chefe da Vigilância Sanitária, Sidnei Louro Jorge Júnior.

Maioria das lojas seguem fechadas

Maioria das lojas seguem fechadas

Pedido prévio de dados

Os técnicos ainda cobraram, da administração do local, resposta para o oficio enviado na terça-feira (16), no qual o órgão municipal requisita informações sobre alguns dos itens vistoriados presencialmente, nesta sexta, mas também de autorizações para a manutenção do funcionamento do local.

“Precisamos receber o Plano de Prevenção e Proteção contra Incêndios (PPCI) do Pop Center, de manutenção de condicionadores de ar, bem como os referentes aos utilizados individualmente pelas bancas. Também devem entregar os comprovantes de limpeza dos reservatórios de água, feita por firma especializada, e de dedetização do prédio”, salientou o fiscal. O prazo para esses documentos se encerra na próxima semana, no dia 26 de junho.

Relatório da análise sanitária

Segundo os fiscais, um relatório com a análise da situação encontrada no Pop Center será entregue à prefeita de Pelotas com as constatações e observações que têm de ser pontos de atenção, como o controle no número de pessoas dentro de todo o estabelecimento.

“De uma forma geral, resolvemos questões higiênico-sanitárias mais importantes. No documento, destacaremos que hoje quase não há circulação de clientes aqui, mas que isso pode mudar ao longo dos dias e nós voltaremos para acompanhar esse outro momento”, resumiu o chefe da Vigilância Sanitária.

Fonte: Diário da Manhã

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Vulcão na África não deve causar tsunami no Brasil, diz especialista

A história que uma provável erupção nas ...

%d blogueiros gostam disto: