Prefeito de Jaguarão debate alternativas com autoridades uruguaias para acesso de caminhoneiros ao país

O prefeito de Jaguarão, Favio Telis, esteve reunido com autoridades uruguaias para construir novas alternativas para o acesso de caminhoneiros ao país. Em audiência com a diretora departamental do Ministério uruguaio, Karina Rando; a intendente de Cerro Largo, Carmen Tort e o alcaide de Rio Branco, Rodolfo Conde, o gestor municipal pede que a nação vizinha reveja a exigência do teste de PCR. Em virtude da demora no resultado, a medida tem prejudicado o transporte de cargas internacionais.

Telis garante que é preciso encontrar uma forma que dê mais celeridade no ingresso dos motoristas, não deixando cargas paradas, inclusive de mantimentos perecíveis. “Em defesa da vida e da economia, precisamos buscar alternativas e outro tipo de monitoramento, para não prejudicar ainda mais quem precisa colocar a comida na mesa”, defende o prefeito. Ele reforça que o congestionamento sobre a ponte Barão de Mauá também é arriscado, pois a estrutura é de 1929. As filas também geram insegurança no fluxo de trânsito. Na última semana houve um acidente fatal.

O líder do Executivo da fronteira ainda propõe que a fiscalização dos veículos seja realizada no Passo da Fronteira, a exemplo de como ocorre em Jaguarão. Desta forma, a verificação do transporte se concentra no terminal rodoviário – gerando menos transtornos. Telis ainda solicita a reativação da Carteira do Fronteiriço, o que facilitaria a o controle de entrada e saída de Jaguarão.

Fonte: Lucas Dalfrancis

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Herval ganhará pista de Veloterra

A Administração Municipal e a Associação Hervalense ...

%d blogueiros gostam disto: