Prefeitura de Arroio Grande busca possibilidades para a reativação da balsa em Santa Isabel

O vice-prefeito Casca Silva e a Coordenadora de Governo Roseane Guevara cumpriram agenda em Rio Grande nesta terça-feira dia 23. Representando o Executivo arroiograndense, eles estiveram na Superintendência do Porto do Rio Grande, para dar continuidade às tratativas de um dos projetos ao quais a gestão dedica-se desde seus primeiros dias: a reativação do transporte por balsa entre Arroio Grande e Rio Grande, responsável pelo escoamento de cargas entre o canal São Gonçalo, com instalação na localidade de Santa Isabel. 

Casca e Rose foram recebidos pelo Superintendente Fernando Estima e pelo Diretor de Infraestrutura e Operações Jeferson Dutra. Ambos concordaram com a relevância da reativação para o desenvolvimento e comprometeram-se a apresentar a demanda na próxima reunião com a Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Rio Grande do Sul (AGERGS), em Porto Alegre. 

“A reunião é muito importante, porque o primeiro passo, de trazer a manifestação do interesse público na reativação vocês estão fazendo agora. O próximo passo é expressar isso em ofício, para que levemos à reunião da AGERGS”, explicou Estima. Se aprovado, o projeto contará com organização de processo licitatório de chamamento público de empresas privadas para prestar o serviço da balsa. 

O vice-prefeito explicou que a principal relevância de se reativar a balsa é o desenvolvimento econômico que pode proporcionar não só a Arroio Grande, mas à região sul como um todo. “Nós temos a travessia do São Gonçalo por Santa Isabel. Nos meus mandatos como vereador, junto ao então prefeito Luís Henrique Pereira, eu já percebia a urgência e importância da retomada da travessia. Inclusive, fizemos uma ação importante, reunindo todos os atores envolvidos. É importante e precisamos de clareza, organização e apoio para que isso se torne realidade” enfatizou Silva.

Fonte: Assessoria de Imprensa

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Vulcão na África não deve causar tsunami no Brasil, diz especialista

A história que uma provável erupção nas ...

%d blogueiros gostam disto: