Prefeitura de Pedro Osório irá entregar escrituras do Assentamento Nhandu

Foi autorizada a regularização das terras do assentamento Nhandu, na semana passada. A ordem de serviço do Incra foi encaminhada após solicitação da Prefeitura Municipal, junto a coordenadora do assentamento, Sônia Almeida.
Serão entregues as escrituras do assentamento, após o trabalho de georeferenciamento do perímetro. A ação foi realizada através de uma empresa, contratada pelo município, que realizarou a medição e o desmembramento da área.
Após o serviço, será possível definir os lotes e as estradas de acesso do loteamento e, posteriormente, a regularização dos títulos de propriedade.
“Essa ação trará benefícios importantes, não só para os produtores locais, mas também para o município em geral. Os lotes escriturados darão independência dos produtores junto as instituições financeiras e também garantem a posse e a sucessão do campo, evitando o êxodo rural”, explicou o prefeito Chola.
A documentação já foi encaminhada ao Incra. A Prefeitura aguarda agora o retorno com as escrituras regularizadas para distribuir aos proprietários.
Fonte/foto: Assessoria de Imprensa

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Ministério Público recorre de decisão que negou prisão de homem que matou cachorro em Rio Grande

O MP (Ministério Público) recorreu, no início ...

%d blogueiros gostam disto: