Presa em Bagé mulher acusada de torturar crianças

Na madrugada deste sábado (18) foi presa em Bagé uma mulher de 49 anos acusada de torturar duas crianças de oito e dez anos que estavam sob sua responsabilidade. As investigações apontam que a acusada utilizava uma chave de fenda e um cabo de vassoura para introduzir no ânus e na garganta das crianças, e de um martelo para agredir os membros das vítimas, quebrando dedos das mãos e a perna de um deles. A ação foi realizada pela Delegacia de Pinheiro Machado, com apoio da 2ª Delegacia de Polícia de Bagé e Brigada Militar de Pinheiro Machado.

As crianças torturadas apresentavam diversas lesões, entre as mais graves estavam as queimaduras nas orelhas, mordidas pelo corpo, cortes de faca na região da virilha, e uma das vítimas ainda estavam em estado avançado de desnutrição. Diante da gravidade dos fatos, a delegada Carolina Funchal Terres representou ao Poder Judiciário pelo mandado de prisão preventiva, o qual foi expedido e imediatamente cumprido pelos policiais. Após os trâmites legais a mulher vai ser conduzida ao Presídio Regional de Bagé.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Ministério Público recorre de decisão que negou prisão de homem que matou cachorro em Rio Grande

O MP (Ministério Público) recorreu, no início ...

%d blogueiros gostam disto: