PRF intercepta comboio de carros transportando quase 200Kg de maconha em Pelotas

Na madrugada desta sexta-feira (30), a Polícia Rodoviária Federal interceptou três veículos que transportavam 183 quilos de maconha na BR 116 em Pelotas. Cinco criminosos foram presos.

Durante uma operação de combate ao crime na rodovia, com participação do serviço de inteligência da PRF, os policiais interceptaram um comboio de três carros utilizados por uma organização criminosa.

O primeiro veículo abordado foi um Clio com placas de Novo Hamburgo conduzido por um homem de 23 anos, natural de Campo Bom. O carro transitava em alta velocidade, chamando a atenção dos policiais. Ao vistoriarem seu interior, encontraram cerca de 129 kg de maconha sobre os bancos e no porta-malas.

Na sequência, um Voyage com placa de Pelotas, que viajava junto com o Clio, foi abordado. O condutor de 28 anos e natural da mesma cidade, demorou a parar o veículo e demonstrou muito nervosismo. Outros dois homens, de 22 e 20 anos, que eram passageiros, estavam com mais de seis mil reais sem procedência.

Posteriormente, a equipe abordou um segundo Clio com placas de Pelotas. O motorista, um homem de 34 anos, também natural da cidade, tentou retornar ao avistar a movimentação policial. Dentro do carro havia 54 quilos de maconha.

Os cinco homens, com antecedentes por tráfico, porte de arma de fogo, lesão corporal, ameaça e vários desacatos foram presos. Os veículos, o dinheiro e os 183 kg de droga foram apreendidos.

Ocorrência encaminhada para a polícia  judiciária em Pelotas.

Foi um prejuízo de mais de 300 mil reais para os criminosos.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Ministério Público recorre de decisão que negou prisão de homem que matou cachorro em Rio Grande

O MP (Ministério Público) recorreu, no início ...

%d blogueiros gostam disto: