Sobe para 27 o número de cidades afetadas pelo ciclone no RS

Subiu de 23 para 27 o número de cidades afetadas pela passagem do ciclone extratropical no Rio Grande do Sul. O número de pessoas fora de casa segue em 2.331 em todo o Estado. De acordo com a mais recente atualização da Defesa Civil Estadual, divulgada nesta quinta-feira, são 94 pessoas desabrigadas (em espaços públicos) e outras 2.237 desalojadas (em casas de amigos e parentes). O levantamento aponta ainda que 1.768 residências tiveram danos em razão do temporal.

A situação mais complicada segue sendo é a de São Sebastião do Caí onde 1.150 pessoas estão desalojadas e outras 74 abrigadas em um ginásio por conta da cheio do rio Caí. É o único município gaúcho, até o momento, com registro oficial de inundação. Os demais contabilizam danos em função do vendaval, chuvas intensas e granizo.

As últimas três cidades gaúchas a relatarem estragos à Defesa Civil Estadual foram: São José do Ouro, São José do Norte e Trê Cachoeiras. Ainda ontem, outros 23 municípios já constavam no levantamento do órgão. São eles: Iraí, Cacique Doble, Tapejara, Itatiba do Sul, Carlos Gomes, Barracão, Cambará do Sul, Lagoa Vermelha, Vacaria, Ibiaçá, Capão Bonito do Sul, Muitos Capões, Paim Filho, Erechim, São Sebastião do Caí, Morro Redondo, Santa Vitória do Palmar, Canela, Áurea, Pelotas, Tramandaí, Capão da Canoa e Capão do Leão.

Entre Farroupilha e Nova Roma do Sul, na Serra, o km 36 da ERS 448 segue interrompido, por tempo indeterminado, em função do desmoronamento de parte da pista.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Herval ganhará pista de Veloterra

A Administração Municipal e a Associação Hervalense ...

%d blogueiros gostam disto: