Variante Ômicron chega em Pelotas e Prefeitura faz novo decreto

A 3ª Coordenadoria Regional de Saúde confirmou, nesta sexta-feira (7), à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o registro de quatro casos da variante Ômicron em Pelotas. A notificação foi feita após a análise do Laboratório Central do Estado (Lacen/RS) de exames de RT-PCR com material coletado nos dias 4 e 5 deste mês.

As pessoas infectadas pela variante são três mulheres e um homem com idades de 24, 25, 44 e 38 anos. A partir de agora, a Vigilância Epidemiológica da SMS fará a investigação dos contaminados e seus contactantes a fim de encaminhar a testagem dos casos que forem necessários.

No primeiro comunicado do ano, direcionado aos pelotenses, por meio de uma live, na tarde desta quinta-feira, a prefeita Paula Mascarenhas atualizou a situação da pandemia em Pelotas e alertou sobre a intensificação da fiscalização das medidas de combate ao coronavírus, além de anunciar o novo decreto, em vigor a partir desta sexta-feira, com novas regras para determinados eventos.

Ontem, 250 novos registros de pessoas infectadas foram confirmados. Prefeita anuncia decreto de medidas para eventos, reforça a intensificação da fiscalização e pede a conscientização de todos.

Paula chamou a atenção para o atual momento no Município, evidenciando a acentuada elevação dos números de ocorrências de Covid-19. Nesta quinta-feira, 250 novos registros foram confirmados. Considerando que, no começo da semana passada, esse número era cerca de oito casos, a elevação refletiu na Taxa de Transmissão (RT), alcançando a maior média até agora, de 3,71. Esse indicador aponta que 100 pessoas com o vírus têm potencial de contaminar outras 371. Os índices de hospitalização e de óbitos, todavia, permanecem controlados e estáveis.

NOVAS MEDIDAS E ORIENTAÇÕES 

O atual cenário, verificado também em outras regiões do país, pode ser proveniente, segundo especialistas, das festas de fim de ano, do avanço de casos da nova variante Ômicron e, também, do aumento do número de testes. Paula relembrou que os decretos ainda vigentes exigem o uso de máscaras em todos os locais e reforçou: “Nós temos que usar máscara! Esse pedacinho de tecido é um grande escudo protetor contra a Covid-19. Sabemos que é desagradável ainda mais no verão. Eu percebi que as pessoas relaxaram, mas a vacina não desobriga o uso de máscara. Aviso aos comerciantes e demais estabelecimentos que vamos intensificar a fiscalização do uso de máscara. É inaceitável a gente entrar em local e encontrar pessoas sem ela”, disse a prefeita.

NOVO DECRETO

A prefeita também salientou que não é hora de promover aglomerações, especialmente em grandes festas. Segundo ela, o momento é de atenção e de preservação, para que medidas mais restritivas não precisem ser tomadas. Para esta semana, ainda, Paula adiantou a elaboração de um novo decreto.

“Amanhã, vamos publicar um novo decreto, exigindo dos estabelecimentos a obrigatoriedade do passaporte vacinal e um teste negativo de Covid de, no máximo, 72 horas, para entradas de pessoas em eventos, shows com palco e/ou pista de dança, com um acompanhamento rigoroso. Vamos, inclusive, intensificar a fiscalização nesse sentido, e interditar os estabelecimentos que não estiverem cumprindo as determinações. Tudo isso para manter essas atividades ainda funcionando”, enfatizou.

NAVEGANTES E IEMANJÁ

A prefeita ainda relembrou que o Município cancelou o carnaval deste ano, em uma decisão tomada, no final do ano passado, junto com a Associação das Entidades Carnavalescas. A decisão também será estendida às festas de Iemanjá e Nossa Senhora dos Navegantes, mantendo esses eventos nos mesmos moldes do ano passado, com carreatas com as imagens e uma organização para o depósito das oferendas pelos devotos, assim como as restrições e protocolos para a missa.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Ministério Público recorre de decisão que negou prisão de homem que matou cachorro em Rio Grande

O MP (Ministério Público) recorreu, no início ...

%d blogueiros gostam disto: