Voto em legenda nas eleições municipais de 2020 registra o menor patamar dos últimos 20 anos

As eleições deste ano acentuaram a tendência de queda do voto em legenda em todo o Brasil. Foram pouco mais de 5,6 milhões, contra 7,4 milhões registrados no pleito de 2016.

Essa foi a disputa municipal com a menor soma de votos direcionados diretamente aos partidos em 20 anos. O total de 2020 corresponde à metade do que foi registrado, por exemplo, nas eleições de 2000. Os dados são do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

O voto em legenda ocorre quando o eleitor escolhe depositar seu voto para vereador ou deputado em um partido e não em um candidato. Os votos são somados e ajudam o partido a atingir o quociente partidário, ou seja, a definição de quantas cadeiras, afinal, cada legenda poderá ocupar no Legislativo local.

A soma dos votos em legenda por partido mostra um impacto forte no PSDB e no MDB, que tiveram perda de até 50% de votos. Houve redução expressiva também para o PDT (-34%) e para o PSB (-36%). O PT também apresentou queda, mas em um patamar menor: de 9% entre 2016 e 2020. Isso fez com que o partido superasse o MDB em votos de legenda neste ano.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Ministério Público recorre de decisão que negou prisão de homem que matou cachorro em Rio Grande

O MP (Ministério Público) recorreu, no início ...

%d blogueiros gostam disto: